Produto chinês sem problemas

Produto chinês sem problemas

postado em 31/01/2020 00:00
O secretário executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, afirmou que não há motivos ou decisão sobre possíveis bloqueios a chineses ou produtos importados do país. Segundo ele, um possível bloqueio seria discutido com os ministérios da Justiça e das Relações Exteriores.

"Não temos nenhum motivo e nenhuma decisão para fazer bloqueio. Isso pode mudar, mas essa decisão não vai ser tomada exclusivamente pelo Ministério da Saúde. Vai ser interministerial, pois envolve outros aspectos além de saúde", adiantou.

De acordo com diretor do Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Júlio Croda, os relatos são de que o vírus apresenta risco de contaminação por 24 horas, o que dificulta a chegada no Brasil.

"Não existe nenhum risco de contaminação de produtos vindos do país", disse.

A China é o epicentro do novo vírus. De acordo com o balanço do Ministério da Saúde, foram confirmados 7.736 casos da doença naquele país e 170 mortes foram registradas. Há ainda suspeitas em relação a 12.167 pacientes.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação