Roteiro

Roteiro

postado em 18/03/2020 00:00
Cinema

Em cartaz

O chamado da floresta
(The call of the wild, EUA, 2020, drama, 100min. Não recomendado para menores de 10 anos). De Chris Sanders. Com Harrison Ford, Omar Sy. Buck vive há anos como um cão de família na Califórnia. Agora, esse pet terá que mostrar o lado selvagem no Alasca. O longa é uma adaptação do clássico literário norte-americano de mesmo nome escrito por Jack London, em 1903. Drive-in, às 22h10.

Dois irmãos ; Uma jornada fantástica
(Onward, EUA, 2020, animação, 100min. Não recomendado para menores de 10 anos). De Dan Scanlon. Com Tom Holland, Chris Pratt. A Disney Pixar é reconhecida por contar, em suas animações, histórias tocantes e densas, com mensagens poderosas para o espectador. Em Dois irmãos, o estúdio volta aos cinemas e apresenta reflexões sobre a família e a forma como cada um pode enxergar o mundo a sua volta. Em uma história sobre amadurecimento, medos e família, os dois protagonistas embarcam em uma aventura embalada por muita magia. Drive-in (dublado), às 18h45 e 20h30.

Museus virtuais

Frida Kahlo: eu pinto a mim mesma
Obras do Museu Dolores Olmedo e do Museu Frida Kahlo. Nesta exposição virtual, a curadoria é feita a fim de mostrar pinturas que mostram como Frida se percebia, um pouco de sua sofrida história e suas paixões, que a tornaram um símbolo da arte mexicana. Acesse o site para o tour virtual: https:/artsandculture.google.com/exhibit/frida-kahlo-eu-pinto-a-mim-mesma/SQJSuxyz6BdIKQ

Kumbukumbu: cultura africana
Exposição do Museu Nacional. Exposição de objetos que representam a memória e o patrimônio cultural africano. Os objetos foram trazidos de diferentes partes do continente entre 1810 e 1940, acrescidos de outros que pertenceram ou foram produzidos por africanos ou seus descendentes no Brasil entre 1880 e 1950. Além da beleza e do significado antropológico das peças, a coleção tem importância histórica por ter um dos acervos africanos mais antigos no Brasil. Muitos foram obtidos em períodos dramáticos da história da África e evidenciam o protagonismo de africanos, brasileiros e europeus, ao longo dos séculos 19 e 20, nas relações diplomáticas, escravidão, conflitos coloniais, projetos civilizatórios e estudos científicos. Acesse o site para o tour on-line: https:/artsandculture.google.com/exhibit/kumbukumbu-cultura-africana/AQLiJoQ1Exh9Kw

Da origem da Terra até a existência humana: a evolução da vida.
Museu Nacional da Natureza e Ciência. A exposição mostra artefatos que contam a história da evolução. A idade estimada do nosso planeta, rochas, fósseis, extinção em massa, fósseis dos primeiros invertebrados até o desenvolvimento do ser humano são contempladas na mostra. Acesse o site para o tour on-line: https:/artsandculture.google.com/exhibit/da-origem-da-terra-até-a-existência-humana/cwIC7J6LG1rwJA

Tecendo liberdade em Meghalaya
Worldview Impact Foundation. O documentário e a exposição exploram as iniciativas artísticas de moda sustentável da Nongtluh Women Weaving Cooperative e da Impulse Enterprises, ambas administradas por Hasina Kharbhih em Meghalaya, na Índia. A Impulse Power está reduzindo o tráfico humano e oferecendo uma valiosa rede que pode ser aproveitada pelas mulheres para aprimorar suas habilidades de tecelagem e criar produtos de artesanato que podem ser vendidos tanto local quanto internacionalmente. Acesse o site para o tour on-line: https:/artsandculture.google.com/exhibit/tecendo-liberdade-em-meghalaya/CQJCTbBRTrDzLA

A segunda guerra em 100 objetos
National Comité 4 en 5 mei. A mostra traz 100 objetos da segunda guerra mundial, com apoio de museus holandeses de guerra e resistência que colaboraram com seus acervos. Com curadoria de Ad van Liempt, que escolheu esses objetos entre as esplêndidas coleções de vinte e cinco museus de guerra e centros de comemoração na Holanda. Acesse o site para o tour on-line: https:/artsandculture.google.com/exhibit/the-second-world-war-in-100-objects-online/5QJC6kUuV0xCKw

Museu Casa de Portinari
Brodowski, São Paulo. Compilado de exposições virtuais fotográficas e do acervo de pinturas e esculturas.O museu está localizado na cidade de Brodowski, interior do estado de São Paulo, na casa em que Cândido Portinari morou na infância e juventude, e retornava sempre para passar temporadas com a família e amigos. Acesse o site para a tour virtual: https:/www.museucasadeportinari.org.br/exposicoes-virtuais/.

Museu Frida Khalo
Cidade do México, México. La Casa Azul foi o lugar onde Frida Kahlo, a artista latino-americana mais renomada do mundo, nasceu, viveu e deu seu último suspiro. Diego e Frida a encheram de cores, arte folclórica e peças pré-hispânicas para mostrar sua admiração pelos povos e culturas do México. Acesse o site para a tour virtual: https:/artsandculture.google.com/partner/museo-frida-kahlo. Classificação indicativa livre.

O Museu Van Gogh
Amsterdã, Países Baixos. Abriga a maior coleção de obras de arte de Vincent van Gogh (1853-1890) no mundo. A coleção permanente inclui mais de 200 pinturas de Vincent van Gogh, 500 desenhos e mais de 750 cartas. O museu também apresenta exposições sobre vários assuntos da história da arte do século 19.Acesse o site para a tour virtual: https:/artsandculture.google.com/partner/van-gogh-museum

Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand ; MASP
Bela Vista, São Paulo. A coleção do MASP reúne mais de 8 mil obras, incluindo pinturas, esculturas, objetos, fotografias e vestuário de diversos períodos, abrangendo a produção europeia, africana, asiática e das Américas. Entre as obras expostas se encontram Rosa e azul de Pierre-Auguste Renoir, O escolar de Van Gogh, entre outras. Acesse o site para a tour virtual: https:/artsandculture.google.com/partner/masp.

Gem;ldegalerie, Staatliche Museen zu Berlin
Berlin, Alemanha. A Gem;ldegalerie possui uma das coleções mais importantes de pintura européia do mundo, do século XIII ao XVIII. Obras-primas de todas as épocas da história da arte estão em exibição permanente, incluindo pinturas de Jan van Eyck, Pieter Bruegel, Albrecht Dürer, Rafael, Ticiano, Caravaggio, Peter Paul Rubens, Rembrandt e Jan Vermeer van Delft. A galeria orgulha-se especialmente de sua forte coleção de pinturas alemãs e italianas do século XIII ao XVI e pinturas dos Países Baixos que datam do século 15 ao 17. Acesse o site para a tour virt

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação