Oportunidades fora do país

Oportunidades fora do país

postado em 10/05/2020 00:00
 (foto: Bicalho Consultoria Legal/Divulgação)
(foto: Bicalho Consultoria Legal/Divulgação)


Assim como o Brasil, outros países precisam aumentar o quadro de funcionários nos hospitais. De acordo com o Departamento de Estado dos Estados Unidos, o país busca médicos e enfermeiros estrangeiros para ajudarem no tratamento de pacientes infectados pela covid-19. Em uma rede social, a órgão fez uma publicação para incentivar os profissionais médicos ;que procuram trabalho nos EUA com um visto de trabalho ou de intercâmbio;. Após o anúncio do governo dos Estados Unidos, as buscas por informações na Bicalho Consultoria Legal para entender os caminhos migratórios quadruplicaram, segundo a empresa, que é especializada em migração e internacionalização de negócios.

Como forma de atrair o interesse dos profissionais da saúde, o departamento tem acelerado os casos dos profissionais que já têm petição aprovada e aguardam pela entrevista final. ;O que nós percebemos é que muitos estados norte-americanos atingidos pela pandemia flexibilizaram as regras de licenciamento. Não é uma abertura total, mas eles reduziram um pouco das exigências;, afirma Vinícius Bicalho, CEO da consultoria. Segundo o advogado, os vistos para trabalhar naquele país são baseados na trajetória do profissional. A autorização de residência permanente pode ser dada por meio de vistos, classificados como EB-1 ou EB-2, concedidos para trabalhadores com habilidades extraordinárias.

;Em razão da pandemia fica mais fácil para ilustrar que o profissional da saúde é desejado pelo governo americano. Agora, mais do que nunca, ficou evidente que tê-los é importante para o país;, afirma. ;O profissional precisa preencher certos requisitos. Não é todo e qualquer médico que se qualificaria para essas vagas;, completa o mestre em direito pela Faculdade de Direito Milton Campos e pela University of Southern California. O pedido pode ser feito do Brasil, por meio dos consulados, ou nos Estados Unidos, caso o profissional esteja no país legalmente com outro tipo de visto. Vinicius Bicalho explica que, para conseguir a contratação, o interessado pode também procurar diretamente alguma instituição médica que esteja autorizada a contratar estrangeiros ou buscar por um profissional que o auxilie no processo migratório.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação