Grita geral

Grita geral

postado em 28/11/2015 00:00

CEB
Sem energia e sem remédios
O leitor Robson Gomes de Sá, 36 anos, policial militar, entrou em contato com a coluna Grita Geral pelo Whatsapp do Correio (9256-2104) para denunciar a falta de energia na horta comunitária do Buritis III, em Planaltina/DF. Segundo ele, o espaço ficou por dois dias sem energia, sendo que o restante da cidade e os demais moradores já tinham o serviço restabelecido. ;Os produtos da geladeira estragaram e minha avó, que toma medicamento para diabetes, está com medo de usá-lo por conta tempo que ficou sem refrigeração. Além disso, ela deixou de fazer a nebulização em casa e está com pneumonia. Ninguém também queria sair à noite, por medo. Estamos abandonados pela CEB;, contou.

; Por meio de sua assessoria, a CEB pediu desculpas aos moradores pela demora no atendimento, que estaria prejudicado devido à greve dos funcionários da empresa. A empresa não informou um prazo para restabelecimento do serviço, tampouco deu informações de como o consumidor deve proceder em casos de prejuízos materiais ou quando se sentir lesado.


Funasa
Feriado para todos?

Uma leitora, que preferiu não se identificar, entrou em contato com a Grita Geral para reclamar que o feriado do Dia do Evangélico (30/11) não será ponto facultativo no órgão federal em que trabalha. Segundo a mulher, que afirma ser evangélica, o RH do seu local de trabalho alegou que o ponto facultativo somente é válido para servidores do GDF. ;O feriado é em todo o DF. Por que essa data não é estendida a todos os evangélicos? É um absurdo, já que nem todos os servidores do GDF são evangélicos e nós, que trabalhamos em um órgão federal e somos evangélicos, não temos o mesmo direito;, disse.

; Em nota, a assessoria da Funasa informou que o órgão segue a Portaria n; 15, de 3 de fevereiro de 2015, do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, que estabelece datas de feriados e pontos facultativos na esfera federal do poder executivo.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação