Hipismo na mira do TCU

Hipismo na mira do TCU

postado em 24/06/2016 00:00
 (foto: Ali Jarekji/Reuters - 1/11/12)
(foto: Ali Jarekji/Reuters - 1/11/12)


A última entidade esportiva alvo das investigações do TCU foi a Confederação Brasileira de Hipismo (CBH). Uma auditoria concluída pelo órgão em abril deste ano aponta indícios de irregularidades nos repasses do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

As infrações apontadas são muitas: ;Possíveis montagens de procedimentos licitatórios, ausência de comprovação de serviços prestados por empresas, contratação de empresas pertencentes a integrantes da Comissão de Licitação da confederação, contratação de produtos e serviços insuficientemente detalhados, irregularidades na realização de pagamentos de despesas administrativas, falta de transparência na aplicação de recursos, fracionamento indevido de despesas, indícios de direcionamento para contratação das mesmas empresas na compra de material de premiação e passagens aéreas, possível conflito de interesses nos convênios celebrados com o CPB;.

Ao GloboEsporte.com, a CBH disse já ter as respostas a todos os questionamentos solicitados e vai entregá-las dentro do prazo estipulado pelo TCU. ;Gostaríamos de ressaltar que o acórdão não é uma condenação e sim uma solicitação de justificativas do tribunal como procedimento padrão em qualquer auditoria realizada por aquele órgão.;







Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação