América-MG contra-ataca

América-MG contra-ataca

postado em 17/09/2014 00:00

A diretoria do América-MG entrou, ontem, com um pedido de efeito suspensivo solicitando a devolução dos 21 pontos retirados em virtude da punição aplicada pelo STJD, na segunda-feira, que julgou irregular a escalação do lateral-esquerdo Eduardo em quatro partidas da Série B do Brasileiro.

Segundo os auditores da 1; Comissão Disciplinar, o Coelho desrespeitou os artigos 49 do Regulamento Geral das Competições da CBF (RGC) e 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que impedem um atleta de atuar por mais de dois clubes em quaisquer competições nacionais da mesma temporada. Antes de vestir a camisa do América, Eduardo defendeu o São Bernardo na Copa do Brasil e a Portuguesa na Série B. Ele permaneceu no clube entre junho e agosto.

O departamento jurídico do América, porém, acredita que os artigos 5.3 e 5.4 do Regulamento de Transferências da Fifa são mais fortes que o RGC. Assim, o clube segue seguro de que deve obter vitória no Tribunal Pleno, com data ainda não definida ; até a próxima semana, deverá ser marcado o novo julgamento. Dos 21 pontos retirados do América, 12 são referentes aos quatro jogos nos quais constou o nome de Eduardo na súmula e nove às vitórias sobre Paraná (1 x 0), Oeste (3 x 0) e ABC (1 x 0).

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação