FAVAS CONTADAS

FAVAS CONTADAS

desde 1998

Liana Sabo %u2022 lianasabo.df@dabr.com.br
postado em 18/12/2015 00:00





Opção italiana
Menos de um ano depois de inaugurar, na Quadra 8 do Setor de Indústrias Gráficas, o restaurante Duoo, com 105 lugares, o empresário Nicolas Fujimoto, de 28 anos, substitui a gastronomia funcional (agora limitada à matriz na 103 Sul) por um serviço de pastas e pizzas, batizado de Piazza 8.

;Uma vez que a cozinha do Duoo não usa glúten, a nossa preocupação foi evitar a contaminação que poderia vir do Nazo Sushi Bar;, explica Nicolas, referindo-se à operação instalada ao lado. As duas marcas funcionam no mesmo amplo prédio, que abrigou uma casa de festas. São sócios de Fujimoto Rafael Lago e os irmãos Renato e Tiago Muniz.

Quando decidiram por um cardápio italiano, os quatro sócios foram buscar no carioca Roberto Fonseca (ex- Bar do Ferreira, Pobre Juan e Bar ZERO61) o fiel intérprete de pratos típicos da gastronomia da bota. Mais conhecido por Beto, o chef herdou o dom da mãe, filha de italianos de Mantova, Maria Luiza Ferrari, com quem dividiu o comando da FF Produções Culinárias.

Os mais pedidos
Ingredientes frescos preparados de forma artesanal caracterizam a nova cozinha, que, com apenas dois meses de funcionamento, já tem pratos campeões de venda, como o espaguete à Vecchia Roma, servido dentro de um queijo parmesão flambado à mesa com conhaque Pedro Domecq, para duas pessoas, por R$ 78. Destaque também para a burrata ao molho de tomate.

Gratinado com batatas ao alecrim e molho parmesão, o basato ao vinho tinto (R$ 42) atende os apreciadores de carne vermelha, enquanto a turma que prefere carne branca pode se deliciar com o baccalà a lenha (R$ 54 ; foto) e com o frango à Trastevere (R$ 40).

Outra atração é o hambúrguer de picanha assado dentro da massa de pizza com molho de polpa de tomate e muçarela, além da frola ; sobremesa de creme de limão-siciliano e maçãs-verdes assadas com lâminas de amêndoas (R$ 21). Reservas pelo 3326-1726.

Bufê saudável
O chef Beto Fonseca está se desdobrando no comando das caçarolas do Piazza 8 e na condução do bufê que estreou esta semana no Duoo, da 103 Sul. ;A ideia é oferecer os pratos mais pedidos do menu todos os dias, no bufê de almoço, por R$ 64, o quilo;, anuncia Fujimoto.

Fazem parte do cardápio feijão azuki, espaguete de vegetais, como palmito pupunha com manteiga e ervas, purê de abóbora, salmão com tofu. Hoje há badejo com moqueca tropical. Telefone: 3224-1515.

O melhor é de Ceilândia!
Um prato de fatias de batata, camarões puxados no azeite e molho cremoso de queijos, denominado Folia do Mar, deu ao Beer House, estabelecimento de Ceilândia, o título de Melhor Bar na sexta edição do Festival Roda de Boteco Brasília 2015.

Detalhe: o bar, que participou pela primeira vez do evento, ainda levou outros dois prêmios, como melhor atendimento. Em segundo lugar ficou o Abençoado Bar e Espetaria, do Sudoeste, e em terceiro, o Bar Brasília, da Asa Sul.

Já na categoria Melhor Boteco levou o título a Savassi Carne de Sol, do Guará, com o petisco Chapuletada. O segundo lugar ficou com o Chalé da Traíra, no Guará II, e o terceiro, com o Ceará Carne de Sol, no Guará I.

Sugestões de Natal
Mais uma vez o chef Dudu Camargo ;salva; o Natal do gourmet brasiliense. Na véspera da data especial cristandade, o restaurante Da Noi (Hotel Golden Tulip Brasília Alvorada) oferece no bufê de jantar comidinhas que vão do cuscuz à paulista à bacalhoada; do escabeche de atum ao peru assado com calda de pérola do cerrado; do salpicão à picanha suína ao molho de alecrim com maçãs assadas, sem falar na rabanada e no quindim. Por R$ 180. Telefone: 3429-8100.

Quatro opções de ceias natalinas para 10 pessoas propõe o chef Emerson Mantovani, a partir de R$ 67. A mais completa (R$ 122, por pessoa) conta com três entradas, três pratos principais (pernil desossado ao molho de mel e limão-siciliano, medalhões de filé e rosbife com manteiga cítrica), acompanhamentos e duas sobremesas: cheesecake e creme caramelo Jack Daniel;s. Encomendas pelo telefone 3346-2845.

Mencía, casta típica galega, que dá vinhos leves e com acidez, como o Pazo de Rivas, o tinto elaborado na Espanha em uma propriedade de Belarmino Iglesias, presidente do Grupo Rubaiyat, que acaba de lançar o vinho para acompanhar o menu da casa. Os casais que jantarem hoje e amanhã e também na sexta e sábado próximos no Rubaiyat receberão uma garrafa da bebida como cortesia. Reservas pelo telefone 3443-5000.

O bolo de uísque, feito com Chivas 18 anos, é a mais nova especialidade da Sweet Cake para as festas de fim de ano. Ceias completas com receitas tradicionais e criações exclusivas podem ser encomendadas pelos telefones 3366-3531 (Lago Sul) e 3345-3531 (Asa Sul).

Tanto no dia 24 como no dia 31, a rede Fogo de Chão abre as portas para servir as ceias de Natal (R$ 148) e réveillon (R$ 168), nas quais oferece 19 cortes de carnes selecionadas, como shoulder steack, fraldinha e costela premium, além de pratos da culinária gaúcha. Reservas pelo telefone: 3322-4666.


Se charmat já é bom, imagine champenoise. Esse é o método com o qual é feito o champanhe usado no Gran Legado rosé, que acaba de chegar à Art du Vin, por R$ 75. O vinho é elaborado na Serra Gaúcha por Christian Bernardi, eleito este ano pelo voto espontâneo de seus colegas de profissão Enólogo do Ano 2015.

Menos de três meses depois de lançada, a Authoral já se perfila entre as 50 melhores cachaças do Brasil. Comercializada pela internet (www.authoralcachaça.com.br), a bebida disputará entre 22 e 24 de janeiro o ranking principal.

Fim de (boa) briga
Desde 4 de novembro, amantes da gastronomia que gostam de ser surpreendidos com a boa mesa vêm acompanhando uma disputa que chega amanhã ao último round do ano. Na arena do evento Duelo dos Cozinheiros, representada pelo 400 Bar e Restaurante, situado no Bloco E da 410 Norte, irão se enfrentar os chefs Eduardo Sedelmaier e Rafael Wagner, que deverão preparar 70 pratos cada um para um público restrito de 70 pessoas.

Eles ainda não sabem qual vai ser o ingrediente principal, revelado na hora, mediante sorteio. ;A ideia é testar ao máximo os melhores cozinheiros de Brasília, fazendo com que cada um dos competidores saia da sua zona de conforto e mostre o por que está no ramo;, afirma a nota assinada pelos organizadores Maria Liuzzi, André Batista e Ronaldo Vieira ; este último dublê de competidor, que venceu o último duelo na segunda-feira.

Foram sete rodadas, além da de amanhã, envolvendo 16 competidores na primeira fase. As semifinais terão início em 2016, a partir de março. Para quem estiver interessado ainda há alguns lugares para a degustação mediante reserva pelo telefone: 8146-0610.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação