Giro pelo Brasil

postado em 20/03/2014 00:00
Morte de Santiago
STJ nega liberdade para acusados

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Jorge Mussi negou o pedido de liberação dos acusados pela morte do cinegrafista Santiago Andrade, atingido por um rojão durante uma manifestação no Rio de Janeiro no começo de fevereiro. Fábio Raposo Barbosa e Caio Silva de Souza estão presos desde o dia 20 de fevereiro, após serem apontados por homicídio triplamente qualificado e crime de explosão. Segundo o Ministério Público, eles acenderam um rojão durante a manifestação e o artefato atingiu o cinegrafista da TV Bandeirantes, que morreu quatro dias depois. O ministro rejeitou pedido de habeas corpus dos acusados. Os advogados dos jovens pleitearam na Justiça fluminense liminar para que eles pudessem ficar em liberdade até o julgamento do mérito do pedido. A liminar foi negada, e contra essa decisão os advogados recorreram ao STJ.

São Paulo
Água do Paraíba do Sul

O projeto para captar água da Bacia do Rio Paraíba do Sul para abastecer o Sistema Cantareira deve custar cerca de R$ 500 milhões e só será concluído em 15 meses. A obra será executada integralmente com o dinheiro do governo do estado, segundo o governador Geraldo Alckmin (PSDB). Como o Rio Paraíba do Sul é federal ; banha os estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro ;, o governo paulista precisa de autorização da Agência Nacional de Águas (ANA) para executar a obra. O projeto de transposição enfrenta resistência de técnicos e prefeitos da região do Vale do Paraíba e de municípios fluminenses. O governo paulista só vai utilizar a água do Paraíba do Sul quando o sistema Cantareira estiver abaixo de 35%, como agora, em torno de 15%.

Carandiru
Militares são condenados

Dez policiais militares foram condenados na noite de ontem a 968 anos de prisão pelas mortes dos presos do quarto andar do pavilhão 9 durante o massacre do Carandiru, em 2 de outubro de 1992. Cada policial teve pena estipulada em 96 anos, com exceção de um deles, que foi condenado a 104 anos por maus antecedentes, segundo o juiz. Os jurados consideraram que os policiais que compunham a tropa do Gaupo de Ações Táticas Especiais (Gate) na época foram responsáveis por oito das 111 mortes ocorridas no Carandiru. Devido ao grande número de réus e de vítimas, o julgamento do massacre foi dividido em etapas, de acordo com os andares do antigo pavilhão 9. Em 2013, foram condenados 48 policiais da Rota pelas mortes no primeiro e no segundo andares. Eles recorrem em liberdade.

Argentina
Corpo de brasileiro no mar

A polícia argentina confirmou que o corpo encontrado às margens do Rio da Plata, na província de Buenos Aires, é do brasileiro Odair Marco Faria, que havia desaparecido dia 11 do navio italiano Costa Fascinosa, em que viajava. Sua mulher, Maria Cristina, após procurar Faria no cruzeiro, sem sucesso, procurou a polícia ao desembarcar na capital argentina. A Guarda-Marinha achou o cadáver de Faria na noite de anteontem, vestindo apenas um calção amarelo, no meio de juncos, a 50 metros da margem do rio. Dados preliminares da autópsia indicam que Faria morreu afogado.

Renato Aragão tem alta
O comediante Renato Aragão teve alta na tarde de ontem do Hospital Barra D;Or, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, onde deu entrada no sábado passado, após passar mal pela manhã. O ator, de 79 anos, sofreu um infarto e teve que ser submetido a uma angioplastia, cirurgia realizada para desobstruir uma artéria do paciente, segundo o boletim médico divulgado. Ele começou a passar mal logo depois da festa de 15 anos da filha, Livian, na sexta-feira.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação