Ochoa, titular às vésperas do Mundial

Ochoa, titular às vésperas do Mundial

postado em 18/06/2014 00:00
 (foto: Yuri Cortez/AFP
)
(foto: Yuri Cortez/AFP )


Fortaleza ; O último goleiro convocado por Miguel Herrera desde que o técnico assumiu a seleção mexicana transformou-se no principal nome da partida de ontem: Guillermo Ochoa. Com duas boas defesas contra Neymar, o atleta ainda conseguiu parar um chute à queima-roupa de Paulinho e uma cabeçada de Thiago Silva.

A titularidade de Ochoa, 28 anos, só foi definida na semana antes de a Copa começar. ;Conversando com minha comissão técnica, achamos que ele estava mais tranquilo, um pouquinho acima dos outros da posição. Pelo visto, a gente acertou. Ele apresentou a resposta que a gente esperava, está aproveitando esta Copa depois de passar duas outras no banco de reservas;, comemorou o técnico Miguel Herrera na entrevista depois da partida.

O herói do jogo de ontem chegou ao Mundial desempregado, depois de ser rebaixado no Campeonato Francês com o Ajaccio. ;Estou livre agora, sem clube. As pessoas se preocupam com isso, mas eu tenho de seguir concentrado. Se acontecer algo, meus empresários vão falar para mim;, comentou. A atuação de Ochoa foi elogiada até por Luiz Felipe Scolari. ;Não gostei do goleiro do México;, disse, sorrindo, ao ser questionado sobre o melhor jogador da partida. (BM)

Personagem da notícia
Goleiro desempregado

O goleiro que parou a Seleção Brasileira está sem clube. O último time de Guillermo Ochoa, o Ajaccio, foi rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Francês na temporada que se encerrou, depois de ficar na lanterna entre 20 equipes. Nos 38 jogos, venceu apenas quatro e perdeu 23. Tomou 72 gols e fez 37.

Além disso, o goleiro de 28 anos e 1,85m chegou à Copa do Mundo sem saber se seria titular. O técnico Miguel Herrera estava entre ele, Alfredo Talavera e Jesús Corona, o camisa 1 na Copa das Confederações. Para completar, no México, Ochoa era alvo de desconfiança dos torcedores. Às vésperas da estreia, no entanto, o treinador escolheu bem.

Ochoa estreou como profissional aos 18 anos. Desde então, tem conseguido aparecer como um dos melhores arqueiros mexicanos. Na Copa de 2006, no entanto, foi apenas o terceiro goleiro. No Mundial de 2010, na África do Sul, amargou novamente a reserva. Depois do que fez diante do Brasil, caminha para virar herói em seu país.

;Estou livre agora, sem clube. As pessoas se preocupam com isso, mas eu tenho de seguir concentrado. Se acontecer algo, meus empresários vão falar para mim;
Ochoa, goleiro mexicano

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação