Suplementos, só com segurança e moderação

Suplementos, só com segurança e moderação

Na busca por corpo enxuto e silhuetas definidas, muitas pessoas apostam no consumo de complementos nutricionais. Segundo especialista, os comprimidos e os shakes do tipos não são vilões, desde que ingeridos com orientação médica e nutricional

» Lilian Monteiro
postado em 01/02/2016 00:00


Belo Horizonte ; Suplemento. O próprio nome indica: complementar, adicional, auxiliar. Portanto, em se tratando de nutrição, ele é um acréscimo ou um facilitador no que se busca para o corpo ; seja um processo de ganho ou perda de peso, seja como fonte de equilíbrio para complementar a dieta e ingerir nutrientes carentes ao organismo, como vitaminas e minerais. Mas há cuidados a serem considerados: não pode ser consumido indiscriminadamente, ser indicado pelo colega da academia ou pela vizinha marombeira que teve um resultado qualquer. Isso porque os comprimidos e shakes trazem benefícios, mas também podem apresentar riscos graves à saúde.


Magno Luiz de Miranda, nutricionista esportivo e educador físico da Sportif ; Clínica do Exercício e do Esporte, diz que a primeira ressalva é que o suplemento só pode ser prescrito por um nutricionista ou por um médico especializado, da linha alimentar. Ainda assim, exige acompanhamento profissional. ;Como as opções são bastante consumidas para auxiliar na dieta, de nada adianta a pessoa usar e não ter uma alimentação equilibrada para o seu objetivo, seja perder peso, seja ganhar massa, seja a prática de esporte de competição;.


O suplemento apenas ajuda na dieta, não faz milagres. ;O que resolve é a dieta e o treino;, avisa Miranda. O problema, diz o especialista, é que há aqueles que buscam um corpo perfeito ou se livrar do excesso de gordura acumulado ao longo da vida e acham que vão ganhar a silhueta definida em poucos dias, de uma hora para outra. ;Essas pessoas precisam entender que o suplemento terá resultado discreto se não for acompanhado de uma dieta voltada para o que desejam;, diz o também especialista em preparação física pelo Instituto Superior de Cultura Física Manuel Farjado, de Havana, Cuba.


Miranda usa como exemplo os interessados em ganhar massa muscular. ;Se consomem pouco carboidrato porque têm medo de engordar, podem perder músculos em vez de ganhar, e o suplemento vai ajudar pouco. O que essas pessoas querem virá dos alimentos, e elas podem contar com a prescrição de um suplemento específico para auxiliá-las na dieta;, diz.


O nutricionista esportivo enfatiza que o resultado de um corpo que deixará a pessoa satisfeita no verão, época do ano quem há maior exposição do corpo, não virá, mesmo com o auxílio de suplementos, a curto prazo. ;Não se muda o corpo de uma hora para outra, principalmente o ganho de massa muscular, que é o mais difícil. Não é simplesmente perder gordura. Daí a necessidade de ter regularidade de treino para ter bons resultados. Se quer um corpo específico no verão, faça um trabalho para atingir seu objetivo ao longo do ano. E não se esqueça que todo resultado rápido, dieta ousada ou muito radical, pode ser danoso à saúde;.

Opções naturais

Diante de modismos e de uma infinidade de rótulos disponíveis nas prateleiras, o fundamental, alerta o nutricionista, é as pessoas se conscientizarem da importância e do valor de adotar um estilo de vida e hábitos saudáveis. Mirando destaca boas escolhas para o cardápio de quem pratica atividade física: batata-doce, arroz integral, frutas, vegetais diversos, peixe e alimentos de baixo índice glicêmico em geral.


Ao mesmo tempo avisa: ;O importante é não errar a mão porque esses alimentos também têm calorias e, se exagerar, terá ganho de gordura. Evite o pão branco, o açúcar comum, os produtos industrializados que contenham muitos conservantes e sódio e as farinhas refinadas. Coma saudável porque o excesso tem como consequência o aumento de peso. A quantidade deve sempre ser equilibrada;, ensina.

"O suplemento terá resultado discreto se não for acompanhado de uma dieta voltada para o que desejam (...) Se quer um corpo específico no verão, faça um trabalho para atingir seu objetivo ao longo do ano. E não se esqueça que todo resultado rápido, ieta ousada ou muito radical, pode ser danoso à saúde;
Magno Luiz de Miranda, nutricionista esportivo

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação