Policial faz assembleia

Policial faz assembleia

Rosana Hessel
postado em 19/12/2016 00:00
A União dos Policiais do Brasil, que representa 32 entidades da área de segurança pública do país, está preparando para amanhã uma mobilização nacional contra o texto da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) n; 287/2016, que trata da Reforma da Previdência. Eles querem tratamento diferenciado por exercerem uma profissão de risco.

Apenas as Forças Armadas, bombeiros e policiais militares ficaram de fora da PEC, cuja admissibilidade aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) foi aprovada na última quinta-feira (15).

;O Ministro da Defesa (Raul Jungmann) ficou de dar um retorno, e, diante da resposta, vamos decidir na assembleia qual serão as medidas que vamos adotar;, afirma o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Luís Antônio Boudens. ;Os policiais exercem uma atividade de risco para defender o patrimônio e, se não tiverem uma visão diferenciada, não haverá estímulo para o ingresso na segurança pública. Não sei se estão considerando isso uma gordura para ser queimada na proposta, mas o que entendemos é que essa reforma ficou muito dura;, afirma.

Haverá uma assembleia de entidades que representam cerca de 1 milhão de policiais no Brasil amanhã às 10h. ;O governo deveria atacar as fraudes nas aposentadorias, que são responsáveis por um terço do deficit. Ele tem nas mãos a PF, que tem capacidade para identificar as fraudes e apontar as concessões feitas de forma irregular. Seria muito mais inteligente fazer um confrontamento dos dados para isso;, destaca. (Colaborou Vera Batista)

Correio Debate na TV Brasília
A TV Brasília apresentará hoje um programa especial com o resumo do evento promovido pelo Correio que discutiu desafios da economia brasileira em 2017. O Correio Debate, realizado no último dia 14, contou com a presença do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, de economistas e de representantes de setores-chave para a retomada do desenvolvimento do país. Meirelles disse que a economia brasileira deve voltar a crescer no último trimestre do próximo ano. O ;Especial Correio Debate; será exibido hoje pela TV Brasília, às 14h25, logo após o jornal local JL1. O programa terá comentários do editor executivo do Correio, Vicente Nunes, que foi o mediador do seminário.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação