Bahia e Galo seguem iguais: nem em cima, nem lá embaixo

Bahia e Galo seguem iguais: nem em cima, nem lá embaixo

postado em 13/11/2017 00:00
 (foto: Marcelo Malaquias/Bahia)
(foto: Marcelo Malaquias/Bahia)

Com o empate em 2 x 2, na Fonte Nova, Bahia e Atlético-MG seguem com o mesmo número de pontos na tabela. E, assim, continuam tanto distante da Libertadores quanto da ameaça de rebaixamento.


Mesmo com sete desfalques, o Galo abriu o placar aos 4 minutos, com um gol de Robinho em lançamento de Valdívia. Aos poucos, porém, o Bahia melhorou e conseguiu dominar o adversário. Mendoza tirou tinta da trave ainda no primeiro tempo, mas os gols do tricolor só viriam depois do intervalo.


Numa blitz do Bahia, Zé Rafael sofreu pênalti e Edigar Junio converteu a cobrança. Aos 18 minutos, a dupla funcionou de novo e impôs uma virada temporária, quando Zé Rafael cobrou falta para Edigar Junio marcar o segundo dele. Um golaço de Robinho, no entanto, fechou o placar em Salvador. O atacante matou um lançamento de Luan no peito, bateu de primeira e acertou o ângulo do goleiro Jean.

Thiago Neves em noite de gala

Justamente contra o Fluminense, seu ex-clube, Thiago Neves fez uma das melhores partidas com a camisa do Cruzeiro. O meia marcou um gol e deu as assistências para os outros dois na vitória por 3 x 1 de virada sobre o time carioca, na noite de ontem, no Mineirão. Toda a partida oi disputada de forma aberta, com muitos erros de ambos os lados.
O Fluminense abriu o placar cedo, com Pedro se aproveitando de um chute de Gustavo Scarpa, mas logo foi dominado pela grande atuação o armador, que chegou a 15 gols e 14 assistências na temporada.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação