Um penta pra chamar de seu

Um penta pra chamar de seu

Lewis Hamilton tem a segunda chance para levantar o quinto troféu da categoria, feito só atingido por Fangio e Schumacher

postado em 28/10/2018 00:00
 (foto: Clive Mason/AFP
)
(foto: Clive Mason/AFP )


Um novo pentacampeão pode surgir hoje no mundo da Fórmula 1. Depois do argentino Juan Manuel Fangio, dono de cinco troféus, e do alemão Michael Schumacher, com sete, o britânico Lewis Hamilton tem tudo para chegar à quinta conquista hoje, no GP do México, a partir das 15h10 (horário de Brasília). Para isso, basta o piloto da Mercedes terminar a prova entre os sete primeiros colocados. E tem a chance até de ficar mais para trás e mesmo assim levantar o caneco. Para isso, o alemão Sebastian Vettel precisa não vencer a prova.

A corrida tem tudo para ser emocionante desde o início. Nos treinos classificatórios, a Red Bull vai largar na frente no Circuito Hermanos Rodríguez. Daniel Ricciardo fez a pole, enquanto o companheiro de equipe Max Verstappen sai em segundo. Na segunda fila, Hamilton e Vettel largam lado a lado.

Será o segundo ;match point; do britânico. O primeiro foi nos Estados Unidos, no fim de semana passado, mas o inglês não aproveitou a chance. Mesmo que não fature o título na Cidade do México, ele ainda terá a mesma oportunidade nos GPs do Brasil e de Abu Dabi, em novembro. Com a vantagem de 70 pontos no campeonato, o troféu parece apenas questão de tempo para o piloto da Mercedes.

O quinto título de Hamilton vem sendo construído a partir de grandes desempenhos e também com a ajuda dos inúmeros erros da rival Ferrari. Por sua parte, o britânico não deixou dúvidas quanto ao nível de pilotagem: são nove vitórias até agora e exibições inquestionáveis. Os resultados surpreendem porque, pela primeira vez desde o início do seu domínio, em 2014, a Mercedes não detém o carro mais veloz do grid.

A melhor temporada
E isso exigiu mais das habilidades do inglês nas pistas. ;Esta foi a melhor temporada do Hamilton na Fórmula 1;, destaca Luciano Burti, ex-piloto da categoria e comentarista da TV Globo. ;Durante um bom pedaço do ano, ele teve um carro inferior. E mesmo assim conseguiu vencer provas. O que mais surpreendeu a todos foi justamente ele ter superado Vettel e a Ferrari mesmo com um carro em nível abaixo.;

O segredo: Hamilton manteve a consistência ao longo do ano. ;Sua maior qualidade neste ano foi a de errar pouco;, comenta Burti. A qualidade do britânico foi justamente a fraqueza da Ferrari. Os erros constantes da equipe e do piloto derrubaram Vettel da liderança do campeonato. Curiosamente, foi a primeira temporada em que Vettel, desde 2015 na Ferrari, contou com um carro superior aos rivais da Mercedes. Mesmo exibindo evolução técnica e tecnológica neste ano em comparação às temporadas passadas, a equipe italiana sofre para tentar parar Lewis Hamilton. E só uma considerável dose de sorte deve impedir o penta do inglês neste domingo.

Mundial de pilotos
Piloto País/Equipe Pontos
1. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) 346
2. Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) 276
3. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) 221
4. Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) 217
5. Max Verstappen (HOL/Red Bull) 191

Grid
Os 10 primeiros

1. Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull)
2. Max Verstappen (HOL/Red Bull)
3. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes)
4. Sebastian Vettel (ALE/Ferrari)
5. Valtteri Bottas (FIN/Mercedes)
6. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari)
7. Nico Hülkenberg (ALE/Renault)
8. Carlos Sainz Jr. (ESP/Renault)
9. Charles Leclerc (MON/Sauber)
10. Marcus Ericsson (SUE/Sauber)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação