Sr. Redator

Sr. Redator

Cartas ao Sr. Redator devem ter no máximo 10 linhas e incluir nome e endereço completo, fotocópia de identidade e telefone para contato. E-mail: sredat.df@dabr.com.br

postado em 18/06/2014 00:00


Exoesqueleto
O Sistema Nacional de Participação Social (Decreto n; 8.243) é um exoesqueleto com o qual o governo quer manipular o povo. Assustado com as manifestações populares de junho passado e com sua total falência na gestão pública, apela para um recurso que fere frontalmente a Constituição Federal. Nossa Carta Magna prevê que a soberania popular será exercida pelo voto e por meio do plebiscito, do referendo e da iniciativa popular, da qual é exemplo a Lei da Ficha Limpa. Querer criar outras formas de atuação direta do povo, à revelia da Constituição, denota intenção totalitária atentatória ao Estado Democrático de Direito.
Leônidas Sasso, Lago Sul

Vaias
As vaias e os xingamentos dirigidos à presidente no jogo de abertura da Copa podem parecer, à primeira vista, excessos nas manifestações. No entanto, o comportamento de integrantes do PT no exercício do poder provoca reações adversas de igual intensidade. Arrogantes, são sempre agressivos e, não raro, ofendem os que deles discordam. Querem que acreditemos que o desenvolvimento do país não é um processo histórico e se deve a apenas alguns anos de governo petista. Mas as irregularidades denunciadas com frequência na imprensa e a situação do país, notadamente a volta da inflação e a gastança desenfreada do dinheiro público, evidenciam que são iguais aos governos anteriores e que seu maior projeto é se perpetuarem no poder, ainda que à custa do trabalho daqueles que pagam impostos para ter serviços públicos de qualidade. As vaias e os xingamentos, apesar de condenáveis, demonstraram que o povo já está no seu limite e quer mudar o governo. Isso pode ficar mais claro em outubro, por ocasião das eleições.
Carlos Hamilton Santana, Asa Sul


Gostei da recepção que uma parcela presente ao Itaquerão fez à presidenta Dilma. Com aqueles insultos e xingamentos, mostraram como foram grosseiros, toscos e sem educação. Mostraram exatamente o que não se deve fazer com qualquer pessoa e muito menos com a autoridade máxima do país. Decididamente, aquela minoria não representa o Brasil. Nem a mim!
Luiz Viana, sa Norte

Vandalismo
Já passou da hora de o governo tomar medidas enérgicas contra o vandalismo praticado por pessoas mascaradas. Quem quiser se manifestar tem todo o direito democrático para tal. Porém, identificando-se e protestando por motivo justo, não aleatoriamente. A situação está chegando ao caos, a tal ponto de meia dúzia de pessoas promover manifestações de bloqueio em estradas, impedindo o direito de ir e vir de milhares de pessoas. Pior é black blocs promoverem verdadeiras depredações ao patrimônio público e particular. A troco de quê? Apenas por baderna ou por brincadeira? Não chegou a hora de a nossa legislação ser mais severa com essas pessoas? Reivindicação não significa vandalismo. Vamos nos manifestar sem prejudicar direitos de pessoas honestas!
Manoel Soares, Planaltina

Chuteiras
Ao assistir jogos da Copa, é curioso constatar que a chuteira parece não fazer parte do uniforme dos países. Há modelos de todas as cores ; que são berrantes ; usados aleatoriamente pelos jogadores. Veem-se chuteiras amarelas, cor-de-rosa, laranja, verde, azul, brancas, lisas e quadriculadas. O cúmulo é o par com um pé de cada cor: um azul e outro cor-de-rosa. Creio que as cores correspondem a marcas e que há contratos patrocinando os jogadores para usá-las, com a bênção da Fifa.
Roldão Simas Filho, Octogonal

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação